Participe !!!

Participe !!!

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Liberdade: o grande tema do amor cristão. A palavra ¨liberdade¨ sofre quase tanto quanto a palavra ¨amor¨. São duas coitadinhas no nosso mundo. Vamos ver como Rahner diz que LIBERDADE ¨É O EVENTO DO ETERNO¨.


O tema da liberdade é permanente na minha vida. 
E eu ousaria dizer que ele deve ser permanente na vida de todos os seres humanos. Como assim ?

Primeiro, é bom dizer o que liberdade não é: 

  • liberdade não é - embora a propaganda assim o diga - uma calça azul, jeans, velha, e desbotada;
  • liberdade não é apenas a de escolha. É também. Eu não posso me reduzir à escolha de chá ou café !
  • liberdade não se refere às coisas que passam, não se refere ao efêmero. Usar piercing não é usar da minha liberdade; é me render ao último grito do uso comum. 
E por aí poderíamos fazer uma imensa lista do que não é a liberdade, como os cristãos a devemos entender.

Se é assim, para chegar no que é a liberdade cristã, a nossa primeira providência seria libertar o conceito de liberdade das reduções em que a palavra hoje se encontra aprisionada.

Neste sentido, ¨libertar¨ a liberdade significa tirar-lhe o peso do efêmero, que talvez seja a marca do homem da chamada pós-modernidade e que, no extremo, é o que escraviza impeditivamente o entendimento da liberdade cristã, nas palavras de Rahner, como o ¨evento do eterno¨.

... continua ...

Um comentário:

Jussara Linhares disse...

Caro Máriton,

Na verdade eu anunciei o que é a Liberdade do cristão para Rahner.

É o Evento do Eterno...

Mas para chegar lá, achei melhor ir dizendo coisas que são importantes para fazer o caminho do pensamento deste grande teólogo.

grande abraço, Ju